sábado, 16 de novembro de 2013

Entrecosto de Porco com Ameijoas



Já há algum tempo que não fazia este prato, apesar de achar bastante interessante esta associação da carne de porco com as ameijoas. Não segui a(s) receita(s) tradicional(is), mas no fim cheguei a um resultado aproximado.

Comecei por deixar uns cubos de entrecosto de porco a marinar, numa mistura de vinho tinto e branco e alhos esmagados, de um dia para o outro. Piquei uma cebola para o fundo de um tacho de barro, cobri com azeite e levei a lume esperto até a cebola começar a estalar. Juntei então uma mistura de pimentas esmagadas grosseiramente no almofariz, uma malagueta seca, sal e uma folha de louro. Juntei a carne depois de bem escorrida e os alhos da marinada e deixei a refogar durante cerca de dez minutos, mexendo sempre. Adicionei então o líquido da marinada e deixei a estufar em lume brando durante cerca de quarenta minutos. Quando a carne estava a começar a ficar macia tirei o tacho do lume e levei ao forno pré aquecido a 190º C até a carne alourar. Enquanto a carne estava no forno, cortei batatas em cubos e fritei-as em óleo. Passei-as por papel de cozinha para tirar o excesso de gordura e temperei com sal fino. Deitei um fio de azeite numa frigideira, juntamente com um dente de alho e salteei umas ameijoas. Servi assim, sem mais.


Para acompanhar este prato escolhi um espumante rosado, o Quinta das Bágeiras Reserva Bruto Natural de 2011. Pouco mais de vinte e duas mil garrafas de um vinho de Baga, puro e duro e que para além de se beber muito bem a solo, tem uma aptidão gastronómica invejável e um excelente preço (a rondar os cinco euros). A ligação entre o vinho e a comida esteve fantástica :)


Sem comentários:

Publicar um comentário