quarta-feira, 7 de março de 2018

Os Alvarinhos de João Portugal Ramos



Foi com a colheita de 2012 que João Portugal Ramos apresentou o seu primeiro Alvarinho da Região dos Vinhos Verdes (sub-região de Monção e Melgaço). Em 2013 lança o primeiro Loureiro e agora tem três vinhos de Alvarinho no mercado.

  • Espumante Reserva Bruto Natural 2014; o primeiro Bruto Natural desta sub-região, tem uma bolha interessante, alguma austeridade, é elegante e pede comida por perto. Experimente-o com fumeiro do Minho e a ligação será muito boa. 
  • Alvarinho 2016; não é muito exuberante em termos aromáticos e pede decanter. Equilibrado, segue a linha tradicional das colheitas anteriores. Para beber e guardar. Vai bem com uma caldeirada de peixes, por exemplo.
  • Alvarinho Reserva 2015; mais complexo que o colheita, também ganha muito em ser decantado. Acho que ganhará em ser guardado mais algum tempo, mas como estamos no tempo do sável, é experimentar, já que o vinho tem estrutura para ligar muito bem com o prato.
(vinhos enviados pelo Produtor)


Sem comentários:

Publicar um comentário