sexta-feira, 4 de Janeiro de 2013

Folhadinhos de Vitela

Nesta semana em que a massa folhada foi o mote para a trilogia, depois das covilhetes, deixo aqui uns folhadinhos de vitelão, simples, simples e deliciosos.


Vitelão nacional assado em vinho tinto e em púcaro de barro preto que sobrou de um jantar, foi passado no moinho de carne, envolvido no molho e em triângulos de massa folhada de compra (comprada da fresca no tinente e no pingo doce; nas duas colunas da esquerda a do pingo doce e nas da direita as do tinente, o que permite dizer que a da esquerda folha melhor, mas é capaz de ter mais gordura). 


4 comentários:

  1. Gosto mais do que das covilhetes, mas são gostos, claro...
    Fizeste tantos, que podias ter mandado uns pelo correio, lol!
    Beijo.

    ResponderEliminar
  2. Tenho uma massa folhada no frigorífico a passar de tempo, vou experimentar estes folhadinhos.

    ResponderEliminar
  3. Ficaram mesmo fofos e de certeza também deliciosos ;)

    ResponderEliminar
  4. Ficaram com aspeto maravilhoso. Kiss, Susy

    ResponderEliminar