quinta-feira, 17 de Janeiro de 2013

Adega de Palmela Moscatel 1981


gosto muito deste país. é muito mal habitado por soares, cavacos e herdeiros, mas ao mesmo tempo tem gente genial que é sonhada pelos soares e desconhecida dos cavacos. gente que escreve, que pinta, que esculpe, que poema, que arquitecta, que canta, que dança, que teatra, que cinêma. e gente que faz vinho...


e a gente do vinho não tem que ser toda de topo e até se pode trabalhar prá comprativa. e nos idos de 1981 foi feito um moscatel na comprativa de palmela que passados mais de trinta anos foi oferecido ao mercado. encontrei-o na loja do tio belmiro (aka tinente) a rondar os doze euros. seco e austero a lembrar um madeira velho, complexo qb nas notas de frutos secos, sem açúcar, impressiona muito e ainda mais pelo preço!

a josé maria da fonseca tem muitos moscateis superiores a este, em tudo e também no preço, mas este impressiona. barato e complexo.

pechinchas assim, talvez o moscatel de favaios 10 anos :)

não há muitos moscateis assim :)




Sem comentários:

Enviar um comentário