sexta-feira, 6 de Abril de 2012

Robalo no Forno | CARM Reserva 2010

Um robalo de mar com cerca de meio quilo, depois de devidamente limpo e arranjado, ficou à espera que os seus acompanhantes vegetais ficassem no ponto. Tabuleiro de forno, cebola em rodelas no fundo, pimento em tiras, tomate às rodelas, alho esmagado, um raminho verde (salsa e hortelã), pimenta moída, um pouco de pimentão doce, batatas às rodelas e um generoso fio de azeite compuseram o ramalhete.


A mistura veggie foi ao forno a 170º C durante uns quarenta minutos (tantos quantos os ladrões do ali bábá), foi virada, esteve mais quarenta minutos e fez-se uma cama ao peixe. Volta ao forno com o peixe que levou um limão na barriga, tempera-se com sal marinho e deixa-se cerca de quinze minutos. Vira-se e deixa-se outros quinze, já que sem incisões na pele, o peixe não seca tão facilmente.


Serve-se...


Acompanhei com um CARM Reserva, um bom branco do Douro Superior. Feito com Códega do Larinho, Rabigato e Viosinho e com oito meses em barrica, está um branco fino e elegante, mas com peso e estrutura para acompanhar pratos de forno. Madeira no ponto, alguma mineralidade, está um branco muito interessante. O preço (cerca de € 10,00) é correcto, face à qualidade do vinho. Para beber e guardar umas garrafitas :)

1 comentário:

  1. Nem preciso de repetir quanto gosto de ver peixe por aqui... e que sorte teve este robalinho de mar (e quem o comeu também, claro...) que teve um final mais que feliz, assim nesta caminha veggie tão bem preparada...
    Beijinhos.

    ResponderEliminar